sábado, 2 de maio de 2009

MEU FOCO


Tem coisas que não consigo viver SEM e outras que não sei viver COM.

Não sei viver sem paixão. Não sei viver sem o arrepio, sem o muito, sem o exagerado.
Não é que eu goste do difícil, do dolorido, do inatingível... Não é isso... Só PRECISO da paixão! Sem ela, não me movo, não tem graça, não me brilha, não me toca.

Não sei viver com mentiras. Nem minhas e nem dos outros. Os outros mentem, ok... Mas rezo pra que não me deixem suspeitar; pq quando acontece fatalmente é verdade.

Eu algumas vezes por ser mais fácil tento mentir pra mim. Não cola! Não deixo que se instale o medo de ser vista como “aquela que está sempre errando”. EU sei que posso me ler como “aquela que está sempre tentando” mas de uma maneira tão forte e tão viva que só Ela/Eu sabem o preço. Não importa, eu pago.

Ah, tá... Você vai dizer: “Mas será que você não percebe que assim sofre-se mais?”

Claro que sim! Ô se sim... Mas... EU VIVO! Da maneira que eu sei e me delicio.
Não ter o pé atrás traz resultados catastróficos, mas o sorriso quando vem é “um sorriso de verdade! Quando vem o abraço sei que estou abraçando com minha alma!
O beijo é mais quente, o gozo é maior.

Não sei viver na incerteza de nada. O talvez me poda, me enerva e me limita, deixo de ser eu pra ser alguém que espera o porto seguro. Não quero esperar o meu porto seguro, quero tê-lo meu! Sabendo exatamente onde e como posso descansar sem maremotos inesperados.

Se espero demais da vida? Pode ser... SIM! Confesso! Mas se ela pode me exigir forças tiradas Deus sabe lá de onde, se ela pode me tirar e me dar o que ela quiser e hora que pretender, posso sim querer a tão famosa via de mão dupla. Até mesmo pq na verdade, tudo que tenho e que sou, é resultado do meu próprio plantio.

Posso colher brisa ou tempestade, vai saber? Mas a certeza da colheita é o que faz o coração bater acelerar e descompassar tudo! É isso! DESCOMPASSAMENTO!
Isso é pra mim a VIDA!

Posso parecer meia nublada, fora de foco... Mas você nunca vai me reconhecer a olho nu. Tente se aproximar... Mas TENTE de verdade!
Dispa-se do que tapa sua percepção e você verá que meu sorriso pode estar escondido em qualquer canto de mim, não precisa ser nos lábios.

Só sei fazer assim, ao extremo!
Só sei me dar inteira. Só sei comer inteira.
Não me veja como você quer, me veja assim: Ardendo sempre no fogo que eu ascendo, por puro prazer de seguir por onde me levam meus próprios pés.

Elaine Natal

2 comentários:

  1. voce sempre mandando bem, né?

    AMO.
    beijo linda.

    ResponderExcluir
  2. O teu sorriso está no olhar, no jeito e nos trejeitos, está onde posso ver e onde apenas sinto! O extremo é o meu Eu e o seu tb!!

    Demais linda!!!!
    Bjao

    ResponderExcluir