sábado, 25 de junho de 2011

Coisas da Adriane...


- Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher que eu acabei me tornando mulher demais para ele.

- Entenda, bonita não é gostosa, inteligente não é nerd, timida não é santa e comer é pra comida e não pra mulher, idiota!

-Quem se orgulha de não ter nada a esconder deveria era ter vergonha de uma vida tão sem graça.

- Curei meus medos de avião, barata e lugar lotado. Mas continuo com pavor de gente boazinha.

- Se eu fosse fofa, meiga e sonsa, não teria metade dos meus problemas. Mas teria a outra metade

- Estou de dieta. Não engulo sapos, nem bebo água de choro. #falei

- Todas as escolhas têm perda. Quem não estiver preparado pra perder o irrelevante, não estará apto para conquistar o fundamental.

- Sair da barriga da mãe é facil, quero ver sair do armário!

- Ame os escolhidos a dedo. Confie em raros. Não deseje o mal a ninguém.

- Mulheres, ser solteira é ótimo, mas vamo aprender a equilibrar isso ai, ser solteira por opção é bem diferente de ser mal amada. #falomesmo

- O tempo investido em melhorar a nós mesmos reduz o tempo desperdiçado em desaprovar os outros. #reflita

- Eu tenho medo de avião, de injeção, de altura... mas nada me dá mais medo do que casais passeando de mãos dadas...

- Sou a vida que tenho, a alma que possuo, o corpo que visto, o amor que me envolve e a paz que me acompanha. #assimseja

- Um beijo pra vc q diz q a pessoa é a sua vida mas depois diz q a vida é uma merda! #fail

- POST IT: Galera, o cérebro não é maconha, tá liberado o uso dele.

- Respeitar é diferente de gostar. Por favor, não confunda as coisas

- Dica do dia:
Você se lembrou de culpar Deus por tudo estar dando errado, portanto se lembre dele quando tudo estiver dando certo.

- Quero silêncio lá fora! Há barulho demais dentro de mim. (FM)

- Não adianta pedir benção ao Santo Antônio se é o Cupido quem faz as cagadas.. Não é a toa que ele usa fralda. #reflita

- Pessoas chatas deveriam ser como flores: mudas

- Um homem inteligente sabe que 80% do que falamos na raiva, não é válido. Mas também sabe que esquecer de qqer parte da conversa, é a morte!

- Ouça as pessoas quando estão com raiva, porque é quando a verdade vem à tona.

- Eu não tenho muitas respostas. O que eu tenho é a fé.

- Nota Mental: Eu já quis que o destino me surpreendesse. Hoje eu só espero que ele não me decepcione.

- 12 de junho é o dia dos namorados; os outros 364 são nossos!!!

- A mulher começou a dormir só de calcinha preta, e quando o marido foi questioná-la, ela respondeu: "Pinto morto, né? A coleguinha tá de luto!" kkkkkkkkk

- Vou deixar a vida te ensinar. O que quero é que você vá para bem longe com sua felicidade falsa, seu coração vagabundo e sua inveja fantasiada de anjo.

- Pare de procurar satisfazer as pessoas para se sentir bem. Quem é bom mesmo, não precisa da aprovação dos outros. É feliz por si só.

- Cansei de quem gosta como se gostar fosse mais uma ferramenta de- \ marketing. Gostar aos poucos, gostar analisando, gostar duas vezes por semana, gostar até as duas e dezoito. Cansei de gente que gosta como pensa que é certo gostar.

- Eu treinei viver sem vc, eu treinei pq vc sempre achou um absurdo o tanto q eu precisava de vc p/ estar feliz. De tanto treinar acostumei!!! #sorry

- As pessoas que amo não querem me perder de vista, e as que eu odeio também. #oremos

- Fácil ser pedra. Difícil é ser vidraça! #reflita

- A verdade é que ninguém é completamente inútil... No mínimo serve de mau exemplo. #nomeucasopoderiadarexemplocomRGeCPF

- Sou franca e falo o que penso, deve ser por isso que vivo com os joelhos roxos. A gente cai muito quando tem correndo nas veias a sinceridade. Nem sempre sei a hora de falar as coisas, em contrapartida nem sempre eu falo tudo. Será que você entende? Tenho medo de ferir com as palavras. Sei ser letal!

Conheci Adriane no Face e não foi nem um pouco difícil me encantar com suas tiradas inteligentes - por vezes um humor negro que adoro - dando para nós, leitores, palavras que ficam registradas às vezes como um beliscão, outras como um carinho. De qualquer forma, admiro demais e agradeço sempre por ainda existirem pessoas inteligentes que nos presenteiam todo dia com... palavras! Bjooooo

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Cicatrizes...?


A maior mentira que nos contaram - e que nós, piamente, acreditamos - é essa, a de que tudo passa. Nada passa. Passa coisa nenhuma.

A gente aprende a viver com as escaras, aprende a colocar ungüentos nos talhos fundos, conhece outras pessoas que são como bálsamos sobre as nossas feridas, mas elas, as sanguinolentas, as danadas, as malsãs, elas não passam. Uma mulher é uma chaga sempre aberta. Um homem é uma ferida sempre exposta. Nada passa.


Sentimentos? Eles se transformam em outros sentimentos, mas não passam. As pessoas que você amou, nunca te causarão indiferença (indiferença, o oposto do amor), sua única certeza é que você sempre vai sentir algo quando as encontrar - algo bom ou ruim, muito bom ou muito ruim. As pessoas que te menosprezaram, te usaram ou simplesmente te rejeitaram, continuam, cada qual com sua adaga, perfurando seu amor-próprio, dia após dia, umas mais, outras menos.

Somos todos, homens e mulheres, mestres no fingimento, na dissimulação, no recalque, mas a verdade, meus caros e minhas caras, a verdade é que nada passa. Por isso você vê uma mulher histérica ao pegar uma cebola podre no supermercado, por isso você vê o homem agindo como um primata no trânsito, por isso seu chefe estoura sem razão, por isso você teve uma crise de choro durante aquele filme, por isso as pessoas têm chiliques inexplicáveis: porque nada passa e nós precisamos de válvulas de escape.

Um colega da oitava série, chamado Fernando, olhou para mim em novembro de 82, e disse: 'Nossa, como você é gorda'. A ferida continua aberta.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Carta de Desabafo -By Stella Florence


Me desculpe por eu ter tomado a iniciativa.
Me desculpe por ter almoçado com você tantas vezes.
Me desculpe por ter ligado.
Me desculpe pela chuva que tomamos subindo a rua.
Me desculpe por ter acreditado nos seus torpedos.
Me desculpe por ter rido das suas piadas.

Me desculpe pelos machucados que sua ex deixou em você.
Me desculpe por eu ter vindo logo atrás dela.
Me desculpe por tentar entender seu silêncio.
Me desculpe por ter dito “sim”.
Me desculpe por ter gemido.
Me desculpe por ter gozado na sua mão.

Me desculpe por eu não ter usado máscara.
Me desculpe por querer mais.
Me desculpe por supor que você também quisesse mais.
Me desculpe pelo que foi ruim.
Me desculpe pelo que foi bom.
Me desculpe por eu ter subestimado o que foi ruim e superestimado o que foi bom.

Me desculpe por eu ter tirado a roupa.
Me desculpe por eu ter mostrado meu corpo.
Me desculpe por, em algum momento, eu ter te amado.
Me desculpe por, em algum momento, eu ter te achado bonita.
Me desculpe por, em algum momento, eu ter acreditado que você era a mulher da minha vida.

Me desculpe pelos seus erros de português.
Me desculpe pelos erros de português da sua nova namorada.
Me desculpe pela sua nova namorada achar as margaridas flores menos nobres.
Me desculpe por eu ter acreditado que você compreendia meu olhar.
Me desculpe por eu ter dito coisas lindas para você.
Me desculpe por você não ter entendido um terço do que eu disse.
Mas, sobretudo, me desculpe por pedir essas ridículas, inúteis e dolorosas desculpas.
Que, naturalmente, não são para você.

Afinal, porcos não reconhecem pérolas.
(Stella Florence)
* Vi uma entrevista dela no Jô hj e fui dar pesquisada sobre... Não consegui parar de ler... PER-FEI-TA
Ô meu Deus! Como amo mulheres ineligentes!!!!!!

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Pra coisas que não tem nome

Pq a gente tem mania de dar nome a tudo?

Eu sinceramente não tô nem aí pra isso, contando que "isso" me emocione e faça meu coração feliz, tá tudo certo. E nós somos tudo aquilo que por merecimento sobreviveu.

Um dia vamos sentar embaixo de uma árvore e conversar sobre tanta coisa que o tempo vai levar tudo embora, até mesmo o dia claro. Vai ser bom, vai ser leve, vai ser.

"...A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga.

A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delicia da companhia.

É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você."

(Érico Veríssimo)

segunda-feira, 30 de maio de 2011



"A qualquer hora em que chegares,
sentarás comigo à minha mesa.

A qualquer hora em que bateres a minha porta,
o meu coração também se abrirá.

A qualquer hora em que chamares,
eu me apressarei.

A qualquer hora em que vieres,
será o melhor tempo de te receber.

A qualquer hora em que te decidires,
estarei pronto para te seguir.

A qualquer hora em que caíres,
eu estenderei os braços.

A qualquer hora, em que te cansares,
eu levarei a cruz.

A qualquer hora em que te sentires triste,
eu permanecerei contigo.

Eu te digo tudo isso, porque não posso imaginar
uma amizade que não seja toda,
de todos os instantes e para todo bem."

Conte sempre comigo pro que der e vier nessa vida e em todas as outras!

PS: Conhecer vc foi um grande presente daqueles que vem com laço, sabe pq? Pq segundo Caio F. Abreu, nó aperta mas o laço... enfeita.
Adorooooo

BONS AMIGOS



Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas
!

(Machado de Assis)

PS: Amo muito vc e é irremediável!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Para Elisa Nobre

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor. Chore o quanto quiser, mas não brigue com Deus por Ele haver me levado.

Se não quiser chorar, não chore. Se não conseguir chorar, não se preocupe.

Se tiver vontade de rir, ria. Se alguns amigos contarem algum fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão.

Se me elogiarem demais, corrija o exagero.

Se me criticarem demais, defenda-me.

Se me quiserem fazer uma santa, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santa, mas estava longe de ser a santa que me pintam.

Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo.

E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase :
"Foi minha amiga, confiou em mim e sempre estive presente em suas orações"

Aí, então derrame uma lágrima. Eu não estarei presente para enxuga-la, mas não faz mal. Outros amigos farão isso no meu lugar.

Peça para que nós duas vivamos como quem sabe que vai morrer um dia, e que morramos como quem soube viver direito.

Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo. Eu não vou estranhar o céu . . . Sabe porque ?

Porque... Ser sua amiga já é um pedaço dele !
(Vinícius de Moraes)

* Minha linda amiga, qualquer palavra jamais, em tempo algum conseguirá transpor o que vc passou a significar. As vidas se cruzam aparentemente sem motivo, mas lá na frente entendemos perfeitamente o que Deus nos reservou. Agradeço a Ele por tê-la posto em meu caminho e mais ainda por deixar que ficasse.
Adoro

domingo, 15 de maio de 2011

Cheguei a conclusão de que ou eu sou muito ingênua ou o mundo está completamente doido.

Os valores mudaram e esqueceram de me avisar...

Mais um fato pra me ajudar a tomar a decisão de me formar um psicologia. Quem sabe assim tenho mais chances de não ficar tão pasma de como as pessoas alteram os fatos de uma forma tão simples que se eu fosse alguém volúvel, poderia pensar que eu é que errei.

Graças a tudo que sou, não corro esse risco. Enfim... cada um com sua colheita...

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Peguei emprestada do Djavan pra você.

Te desejo lábios

Lábios, lábios
E um olhar
Que eu planejo
Sábio, sábio

Pra te dizer de uma vez
O que de amor eu sei
Se te quero ver
Só pra te dar
O que eu tiver
Quisera ter

Meu amor
Te desejo lagos
Largos lábios
E um olhar
Que eu planejo
Frágil, ágil
A me levar de uma vez
Pra bem luar nem sei
E te quero ver
Só pra ficar
Com o mar e o céu
Lábios que beijam
Por lazer do azul

terça-feira, 22 de março de 2011

Despedida


Existem duas dores de amor:
A primeira é quando a relação termina e a gente,
seguindo amando, tem que se acostumar com a ausência do outro,
com a sensação de perda, de rejeição e com a falta de perspectiva,
já que ainda estamos tão embrulhados na dor
que não conseguimos ver luz no fim do túnel.

A segunda dor é quando começamos a vislumbrar a luz no fim do túnel.

A mais dilacerante é a dor física da falta de beijos e abraços,
a dor de virar desimportante para o ser amado.
Mas, quando esta dor passa, começamos um outro ritual de despedida:
a dor de abandonar o amor que sentíamos.
A dor de esvaziar o coração, de remover a saudade, de ficar livre,
sem sentimento especial por aquela pessoa. Dói também…

Na verdade, ficamos apegados ao amor tanto quanto à pessoa que o gerou.
Muitas pessoas reclamam por não conseguir se desprender de alguém.
É que, sem se darem conta, não querem se desprender.
Aquele amor, mesmo não retribuído, tornou-se um souvenir,
lembrança de uma época bonita que foi vivida…
Passou a ser um bem de valor inestimável, é uma sensação à qual
a gente se apega. Faz parte de nós.
Queremos, logicamente, voltar a ser alegres e disponíveis,
mas para isso é preciso abrir mão de algo que nos foi caro por muito tempo,
que de certa maneira entranhou-se na gente,
e que só com muito esforço é possível alforriar.

É uma dor mais amena, quase imperceptível.
Talvez, por isso, costuma durar mais do que a ‘dor-de-cotovelo’
propriamente dita. É uma dor que nos confunde.
Parece ser aquela mesma dor primeira, mas já é outra. A pessoa que nos
deixou já não nos interessa mais, mas interessa o amor que sentíamos por
ela, aquele amor que nos justificava como seres humanos,
que nos colocava dentro das estatísticas: “Eu amo, logo existo”.

Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo.
É o arremate de uma história que terminou,
externamente, sem nossa concordância,
mas que precisa também sair de dentro da gente…
E só então a gente poderá amar, de novo.
(Martha Medeiros)

sexta-feira, 18 de março de 2011

Déjà Vu

Tudo de novo...Mais uma vez, novamente...

Andei de novo tendo uns sonhos estranhos e naum entendi.
E mesmo que eu nem queira saber, hj vieram me contar...
Naum é o fato de estar e sim com quem.
Engraçado, uma vez cogitei isso...

O que sinto ? Naum sei.
Só a certeza de que isso já tava rolando a muito tempo.
Ter essa certeza é que é ruim, mas tá td certo.
Vai ver eu tava merecendo.
(Tipo de texto que só entende quem tá na situação,rsrs)
Naum adianta! Naum guardo nada dentro de mim!

terça-feira, 1 de março de 2011

"Crie laços com as pessoas que lhe fazem bem, que lhe parecem verdadeiras e desfaça os nós que lhe prendem àquelas que infelizmente, por vontade própria, deixaram de ser significativas em sua vida. Nó aperta, laço enfeita... Simples assim."

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Confio e aí?

"Com você qualquer fundura dá
Quando você vem se chegando de um modo só seu..."
(Djavan)

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Chorona mesmo..rs

Nos últimos meses algumas coisas tem me feito chorar.

Umas coisas são tristes, vindo de pessoas que vc não esperava certas atitudes.
Outras por ver o sofrimento de animais na grande tragédia Serrana e em outras cotidianas.

O Projeto Pelo próximo vem realizando um trabalho fantástico de TAA e quando fui chamada pela Roberta para integrar a equipe, isso me fez chorar.

Porém ontem, após ver mais uma turma de cães terapeutas formada, me emocionei.

E hoje logo cedo, li uma mensagem da Kátia Aiello, aí sim foi emoção pura.

Deus e alguns amigos sabem o que passei nestes 11 anos para alcançar minhas metas e principalmente me dedicar aos cães em todos os sentidos.

Receber um elogio da Kátia, uma profissional respeitada e um ser humano fantástico, me fez chorar e principalmente, me fez repensar na vida.

Deitei no sofá da minha sala, revi algumas fotos antigas e fui olhando até as fotos de hj.

Percebi que por mais que nesses últimos meses eu tenha chorado, por mais que eu pense ter sofrido, os momentos que mais me emocionaram estão ligadas ao Projeto; quando vi a turma formada e principalmente hj após ler a msg da Kátia.

Pensei o quanto a gente reclama demais... Percebi o quanto sou uma pessoa abençoada e feliz.

E digo isso minha gente com o coração pulsando forte e advinha? Com os olhos cheio de lágrimas de felicidade.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Proibido!

É Proibido

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.

É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender os que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.
É proibido não criar sua história,
Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,
Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.
É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,
Não pensar que podemos ser melhores,
Não sentir que sem você este mundo não seria igual.

Pablo Neruda

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Letra e melodia lindas! Não canso de ouvir

Quando já não tinha espaço, pequena fui

Onde a vida me cabia apertada
Em um canto qualquer,
Acomodei minha dança, os meu traços de chuva
E o que é estar em paz
Pra ser minha e assim ser tua

Quando já não procurava mais
Pude enfim nos olhos teus, vestidos d'água,
Me atirar tranquila daqui
Lavar os degraus, os sonhos, as calçadas

E, assim, no teu corpo eu fui chuva
... jeito bom de se encontrar!
E, assim, no teu gosto eu fui chuva
... jeito bom de se deixar viver!

Nada do que fui me veste agora
Sou toda gota, que escorre livre pelo rosto
E só sossega quando encontra tua boca

E, mesmo que eu te me perca,
Nunca mais serei aquela que se fez seca
Vendo a vida passar pela janela

(Luis Kiari e Caio Soh)

HOJE EU TÔ SOZINHA
E NÃO ACEITO CONSELHO
VOU PINTAR MINHAS UNHAS E MEU CABELO DE VERMELHO

HOJE EU TÔ SOZINHA

NÃO SEI SE ME LEVO
OU SE ME ACOMPANHO
MAS É QUE SE EU PERDER
EU PERCO SOZINHA
MAS É QUE SE EU GANHAR
AÍ, É SÓ EU QUE GANHO

HOJE EU NÃO VOU FALAR MAL NEM BEM DE NINGUÉM
HOJE EU NÃO VOU FALAR BEM NEM MAL DE NINGUÉM

LOGO AGORA QUE EU PAREI
PAREI DE TE ESPERAR
DE ENFEITAR NOSSO BARRACO
DE PENDURAR MEUS ENFEITES
TE FAZER UM CAFÉ FRACO
PAREI
DE PEGAR O CARRO CORRENDO
DE LIGAR SÓ PRÁ VOCÊ
DE ENTENDER SUA FAMÍLIA
E TE COMPREENDER
HOJE EU TÔ SOZINHA
E TUDO PARECE MAIOR
MAS É MELHOR FICAR SOZINHA
QUE É PRÁ NÃO FICAR PIOR
Hoje eu não vou falar mal nem bem de ninguém...

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O Silêncio das estrelas (Adooooro e muito!)

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão

Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos
Como um deus e amanheço mortal

E assim, repetindo os mesmos erros, dói em mim
Ver que toda essa procura não tem fim
E o que é que eu procuro afinal?

Um sinal, uma porta pro infinito, o irreal
O que não pode ser dito, afinal
Ser um homem em busca de mais, de mais...
Afinal, como estrelas que brilham em paz, em paz...

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão
Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos
Como um deus e amanheço mortal

Um sinal, uma porta pro infinito, o irreal
O que não pode ser dito, afinal
Ser um homem em busca de mais...

(Lenine e Dudu Falcão)

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

"E que fique muito mal explicado! Não faço força para ser entendido. Quem faz sentido é soldado."
(Mário Quintana)

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Nasceram os filhotes da Gaya!
Um parto difícil, mas no fim td deu certo.
Que sejam bem vindos essas coisinhas lindas!

sábado, 1 de janeiro de 2011

"Eu gosto dos que tem fome
dos que morrem de vontade
dos que secam de desejo
dos que ardem..."
Desconfio sempre de quem não gosta de bicho, quem não tem amigos e de quem vive de passado.